”Amores que dão tristeza, relacionamentos adoecidos que trazem danos Psicológicos”

Esta queixa, então corriqueira embora de importância muito! Revela a dificuldade geral, nas pessoas, de amar, e a profunda disposição delas em se envolver em casos amorosos que sempre ”dão em nada”, em relações que sempre acabam quando pareciam” ter tudo para dar certo” e em envolvimentos afetivos e sexuais que desgastam mas, por estranho que parecer, são mantidos até a exaustão muitas vezes até o casamento  e o surgimento de filhos, quando a situação fica bem mais grave. As queixas são as mais variadas possíveis, dada a extrema variabilidade dos parceiros envolvidos e o número infinito de situações em que os relacionamentos e envolvimentos podem se dar. Vão da paixão desenfreada e dolorosa por um quase desconhecimento até a duração inexplicável de um namoro de infância que evoluiu desastrosamente para o casamento, embora sempre ”estivesse na cara que não ia dar certo” Vão de um triângulo amoroso  consentido a uma relação homossexual conflitante ou por outro lado a manutenção de uma relação heterossexual conflitante e, simultaneamente, uma relação homossexual prazerosa. Enfim é um não-se-acabar de possibilidades! Em quase todas estas queixas os pacientes manisfestam algum grau de dificuldade na esfera sexual, indo da perda de excitação á total impossibilidade de consumar o ato sexual (impotência, no homem e vaginismo, na mulher. Estes problemas na esfera sexual ( e os sentimentos que eles provocam) geralmente são mantidos escondidos de médicos, amigos,parentes e ate mesmo, quando é possível, do parceira ou parceiro sexual como no caso de mulheres que não atingem o orgasmo e fingem vivê – lo, para ”satisfazer” o parceiro; na verdade, temendo admitir que não o atingem. Relacionamentos duplos conflitantes mas compulsivamente mantidos também são queixas comuns, com a firmação, pelos pacientes, de que”não gostam deste tipo de situação mas que uma força maior ou os  acasos da vida fazem com que eles tenham este comportamento. de acordo com essas vertentes pessoas que se deparam com essas situações conflitantes em relacionamentos em vez de estar em um relacionamento saudável, muitas das vezes estão – se relacionando com pessoas problemáticas e difícil convivências, e relacionamentos complicados provocam danos psicológicos a suas parceiras e paceiros abalando seu estado emocionais, para que não ocorra frustrações devemos escolher melhores nossas parceiras e parceiros, então encontrarmos um sintonia ambos os lados para ter condições de entrar em um relacionamento mais saudável e duradouro em suas vivências  proporcionando saúde e bem estar ao casal confidente.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s