Artigos

Pensamentos Repetitivos como substituir esses Pensamentos Intrusivos

Pensamentos + sentimentos criam a realidade e, uma vez que eles são constantemente reforçados, (pelos pensamentos repetitivos) ainda recebem ajuda da lei da atração que potencializa e agiliza esta concretude.

A repetição de pensamentos abrange duas instâncias da mente humana

O presente é desenhado por pensamentos e sentimentos, e são eles que se materializam na nossa vida, ou seja: o que sentimos se torna realidade.

O presente é desenhado por pensamentos e sentimentos, e são eles que se materializam na nossa vida, ou seja: o que sentimos se torna realidade.

Mente Consciente 

É a instância da mente humana responsável pela tomada de decisão e pelo raciocínio lógico. Neste exato momento, enquanto lê este artigo, a sua mente consciente que está absorvendo o conteúdo, ou seja, ela vive no presente e recebe todas as informações do meio.

Mente Inconsciente

É a instância da mente humana responsável pelo arquivo de todos os sentimentos que você absorveu de suas vivências. É um grande cofre que somente você tem a chave. Ele guarda o tesouro dos seus aprendizados. Enquanto o consciente representa o presente, o inconsciente representa o passado.

A mente inconsciente guarda os fatos através dos sentimentos que foram eliciados, e toda vez que a mente consciente pensa em algo, automaticamente a mente inconsciente receberá isto como uma ordem, e trará os sentimentos que foram armazenados, para uma possível reciclagem, enquanto a mente consciente não realizar a sua tarefa, será bombardeada pela mente inconsciente. Esta é a causa dos pensamentos repetitivos.

Muitos dos pensamentos intrusivos estão relacionados com a ansiedade, pelo que pode senti-los como assustadores sobre o que pode acontecer consigo ou alguém que você gosta, ou o que você pode fazer para si mesmo ou para outra pessoa. Eles parecem estar fora do seu controle, e o seu conteúdo pode ser estranho e ameaçador. Nestes tipos de pensamentos intrusivos, parece que os pensamentos surgem como resultado da ansiedade, e incrementando mais medo sobre os sintomas da ansiedade que já está experimentando. Os pensamentos intrusivos aumentam a ansiedade, e alimentam a espiral de produção de medo. Oque podemos fazer para substituir esse pensamentos repetitivos e reorganizar nosso pensamento ou seja re-digitar nossa mente para que nosso pensamento repetitivo entre em extinção.

Publicidade
Artigos

Gatilhos indesejáveis do nosso Consciente e inconsciente

”Você já parou para pensar porque sentimos algumas reações emocionais do nosso passado e porque nos afetam no agora porque temos esse gatilhos indesejáveis em nosso consciente ou inconsciente…

Fonte: Gatilhos indesejáveis do nosso Consciente ou inconsciente

Artigos

Gatilhos indesejáveis do nosso Consciente ou inconsciente

141112114805_mente_624x351_thinkstock

”Você já parou para pensar porque sentimos algumas reações emocionais do nosso passado e porque nos afetam no agora? e porque temos esse gatilhos indesejáveis em nosso consciente e inconsciente”

Gatilhos Emocionais 

O gatilho emocional é o processo pelo qual vocês se libertam das camadas dos seus bloqueios emocionais, transmutando as energias densas da raiva, da vergonha, da culpa, etc., contidas em cada camada para a compaixão. Estas camadas são mantidas prensadas e seladas em nosso corpo emocional até que elas sejam liberadas para vir à superfície (desencadeadas à ação), através dos conflitos que passam pelo nosso caminho. Neste ponto nos tornamos conscientes delas. Uma vez que as energias anteriormente mantidas em uma camada tenham alcançado a superfície, começamos o processo de clarificá-las. Esta clarificação envolve o movimento através de uma série de estágios que nos habilitam a liberar física e emocionalmente estas energias de nosso corpo, enquanto ao mesmo tempo, integramos o medo que está na raiz delas e aprendemos a lição envolvida. Algumas vezes a clarificação é suave porque as energias presas são suaves, mas algumas vezes a clarificação é muito dolorosa, escalando para um conflito desenvolvido com alguém. Deixem-me apenas dizer que não obstante seja ela suave ou maior, ela não é fácil! É como tentar escalar, tentando sair de um destes buracos muito grandes, muito profundos!Esta é uma pergunta muito boa. Há muitas compensações para a clarificação emocional. Uma é a ascensão – nós devemos aliviar os nossos corpos a fim de ascender e podemos fazer isto através da liberação das velhas energias presas que os tornam densos. Nós fazemos isto a fim de ter relacionamentos melhores e mais satisfatórios. Nós fazemos isto a fim de ter uma melhor saúde mental e emocional.O processo de clarificação emocional é um processo que nos leva durante todo o tempo de uma perspectiva de 3D para a perspectiva multidimensional onde podemos transmutar a emoção para fora de nossos corpos físico e emocional. Ela começa com a nossa “Criança Interior” (CI), que é impulsionada à ação e termina conosco encontrando a compreensão mais elevada, multidimensional do problema emocional em questão. No caso de que você não esteja familiarizado com a Criança Interior, eu estou falando sobre esta pequena criança dentro de cada um de nós, e embora ele ou ela se comporte como uma pequena criança, o seu trabalho real é proteger os nossos corpos físicos de qualquer dano. A Criança Interior faz isto através do medo, mas este medo se torna desequilibrado quando ele ou ela começa a assumir as nossas emoções com ele.Tenham em mente também que vocês não poderão perceber o que está ocorrendo até que fiquem acostumados a passar pela clarificação emocional e a reconhecer que estão sendo impulsionados, e até então os primeiros estágios (aproximadamente de 1 a 4), são freqüentemente inconscientes.

Estágio  Do Gatilho

A primeira coisa que acontece quando surge um problema é que a minha Criança Interior (eu) fica alerta. Os “gatilhos” estão em nossas vidas para nos criar sentimentos indesejáveis dos velhos problemas, dos problemas emocionais essenciais que deixamos de clarificar no passado. Um gatilho pode ser algo que induza sentimentos de raiva, de culpa, vergonha, medo ou qualquer outra emoção “negativa”. Ele me deixa saber que um limite foi ultrapassado ou que uma velha ferida está ainda enterrada. Pode ser uma pessoa ou até uma situação (tal como pisar no meu dedo) que me impulsiona, e eu sempre sei disto porque eu reajo. Algumas vezes a reação é suave, como uma emoção sutil e/ou uma sensação física, mas há sempre algum grau de reação física ou emocional (ou ambas), mesmo que seja apenas um batimento cardíaco mais rápido por uns poucos segundos. Quando eu clarifico um bloqueio emocional, eu normalmente clarifico uma ou mais camadas fora do problema emocional essencial, resultando no gatilho que me afeta cada vez menos e menos. Uma vez que eu clarifique totalmente o problema, entretanto, o gatilho desaparece como se nunca estivesse lá.